's avatar

Parte 2 da matéria sobre a expansão da Editora Autêntica no mercado editorial brasileiro, no jornal Hoje em Dia.

Parte 1 da matéria sobre a expansão da Editora Autêntica no mercado editorial brasileiro, no jornal Hoje em Dia. Meu novo romance, O Coletor de Almas (da Gutenberg, selo da editora), em destaque entre outros lançamentos aqui.

Meu terceiro conto publicado, este pela Editora Draco, na antologia coletiva Imaginários 3 (2010): "Bonifrate", por apenas 0,99 centavos na Amazon. Confira!http://www.amazon.com/Bonifrate-Portuguese-Edition-ebook/dp/B0074UHY80/ref=sr_1_16?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1330453910&sr=1-16 

Sinopse:

Uma releitura da conhecida história de Pinóquio, emocionante e envolvente, conta a jornada de um autômato em busca do seu passado e de si mesmo em um mundo steampunk.

Meu terceiro conto publicado, este pela Editora Draco, na antologia coletiva Imaginários 3 (2010): "Bonifrate", por apenas 0,99 centavos na Amazon. Confira!

http://www.amazon.com/Bonifrate-Portuguese-Edition-ebook/dp/B0074UHY80/ref=sr_1_16?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1330453910&sr=1-16 

Sinopse:

Uma releitura da conhecida história de Pinóquio, emocionante e envolvente, conta a jornada de um autômato em busca do seu passado e de si mesmo em um mundo steampunk.

Querida Baba Yaga, nem mesmo Deus lhe esqueceu.
E você, não de nós.

(by http://manualdominotauro.blogspot.com/

O mundo fantástico de Terra Oca apresenta personagens emprestados de contos nórdicos e etruscos sobre uma ótica particular, ambientado num cenário próprio, apocalíptico e épico, com bizarrias únicas.
O Coletor de Almas conta paralelamente a história de três personagens – Larval, o Coletor de Almas, que precisa alimentar Yggdrasil, a árvore-mãe, com energia espectral, pois ela é o sustento do mundo de Terra Oca; a menina Lisa, libertada após anos de confinamento, que carrega consigo quatro presentes mágicos, entre eles a Estrela das Bruxas; e uma entidade conhecida como Ceifador, que decapita reis e regentes com um propósito egoísta e perturbador.
Poderá a história desses três personagens se cruzar? Serão eles capazes de impedir o fim do mundo?


O Coletor de Almas será lançado no início de março de 2012. Este é o meu segundo romance, que se passa em outro universo, outra série de livros.

O mundo fantástico de Terra Oca apresenta personagens emprestados de contos nórdicos e etruscos sobre uma ótica particular, ambientado num cenário próprio, apocalíptico e épico, com bizarrias únicas.

O Coletor de Almas conta paralelamente a história de três personagens – Larval, o Coletor de Almas, que precisa alimentar Yggdrasil, a árvore-mãe, com energia espectral, pois ela é o sustento do mundo de Terra Oca; a menina Lisa, libertada após anos de confinamento, que carrega consigo quatro presentes mágicos, entre eles a Estrela das Bruxas; e uma entidade conhecida como Ceifador, que decapita reis e regentes com um propósito egoísta e perturbador.

Poderá a história desses três personagens se cruzar? Serão eles capazes de impedir o fim do mundo?


O Coletor de Almas será lançado no início de março de 2012. Este é o meu segundo romance, que se passa em outro universo, outra série de livros.

Verne Vipero não acredita em nada fora do normal. É um rapaz cético que confronta sua descrença ao descobrir que pode salvar a alma do irmão, que segue em direção ao Abismo. Abalado pela perda e descobrindo essa possibilidade, parte para o Mundo dos Mortos com um objetivo, quase uma obsessão: trazer Victor, o caçula, de volta à vida. Custe o que custar.

Em Necrópolis – A Fronteira das Almas, romance de Douglas MCT, o leitor acompanha Verne Vipero a Necrópolis, uma das regiões de Moabite, o Sétimo dos Oito Círculos do Universo. Um lugar habitado por criaturas sobrenaturais como duendes, vampiros, reptilianos e centauros. Onde há planos que levam a mundos Etéreos, de Pesadelos e Magia. Um lugar regido por forças opostas: o Ouroboros, que permite a renovação da vida; e o Niyanvoyo, onde as almas dão seus passos rumo ao fim.

Aliado a um monge renegado, um ladrão velocista, uma mercenária deslumbrante e um homem-pássaro suspeito, Verne conhecerá um deserto mórbido, um abrigo de magos e uma cidade de pedra, e irá até os confins do mundo em sua jornada tenebrosa para resgatar a alma do irmão. Em Necrópolis nada é o que parece e a Fronteira das Almas é o fim da travessia.


Necrópolis: A Fronteira das Almas foi o meu primeiro romance publicado, em novembro de 2010.

.As fronteiras da fantasia medieval são exploradas em quatorze contos, quatorze visões do mesmo mundo, quatorze histórias de aventura, guerra, tragédia, magia, amor e traição. Ao lado de cavaleiros e ladrões, soldados e menestréis, vigaristas e bárbaros, somos levados em uma jornada por Arton, um dos mais populares universos fantásticos do Brasil.
Crônicas da Tormenta apresenta Arton em todo o seu esplendor e horror, por alguns dos maiores nomes da literatura fantástica nacional. Nestas páginas há pequenas tragédias e vitórias, ao lado de grandes caçadas a monstros e guerras que mudam o destino do mundo. Seus protagonistas são crianças e deuses, guerreiros e artistas. Seus cenários são os salões da nobreza, as tavernas imundas, os campos de batalha sanguinolentos, as estradas empoeiradas, os mares bravios.
Os veteranos encontrarão os locais e personagens que já conhecem, além de descobrir outras facetas deste mundo. Os recém-chegados encontrarão uma terra repleta de magia e maravilhas, num volume que é a introdução perfeita ao cenário - e descobrirão por que não há lugar como Arton.
Organizado por J.M. Trevisan, Crônicas da Tormenta conta com os talentos de Leonel Caldela, Remo Disconzi, Claudio Villa, Marlon Teske, Ana Cristina Rodrigues, Douglas MCT, Rogerio Saladino, Leandro Radrak, Raphael Draccon, Antonio Augusto Shaftiel, Marcelo Cassaro e J.M. Trevisan, com apresentação de Gustavo Brauner e prefácio de Eduardo Spohr.


Na trama de Revés, nas ruínas de um internato, uma menina encontrará um mundo muito mais divertido, ainda que bizarro e sobrenatural, do que sua vida real. Mas as escolhas tem só uma direção e nem tudo pode ser o que parece.

.As fronteiras da fantasia medieval são exploradas em quatorze contos, quatorze visões do mesmo mundo, quatorze histórias de aventura, guerra, tragédia, magia, amor e traição. Ao lado de cavaleiros e ladrões, soldados e menestréis, vigaristas e bárbaros, somos levados em uma jornada por Arton, um dos mais populares universos fantásticos do Brasil.

Crônicas da Tormenta apresenta Arton em todo o seu esplendor e horror, por alguns dos maiores nomes da literatura fantástica nacional. Nestas páginas há pequenas tragédias e vitórias, ao lado de grandes caçadas a monstros e guerras que mudam o destino do mundo. Seus protagonistas são crianças e deuses, guerreiros e artistas. Seus cenários são os salões da nobreza, as tavernas imundas, os campos de batalha sanguinolentos, as estradas empoeiradas, os mares bravios.

Os veteranos encontrarão os locais e personagens que já conhecem, além de descobrir outras facetas deste mundo. Os recém-chegados encontrarão uma terra repleta de magia e maravilhas, num volume que é a introdução perfeita ao cenário - e descobrirão por que não há lugar como Arton.

Organizado por J.M. Trevisan, Crônicas da Tormenta conta com os talentos de Leonel Caldela, Remo Disconzi, Claudio Villa, Marlon Teske, Ana Cristina Rodrigues, Douglas MCT, Rogerio Saladino, Leandro Radrak, Raphael Draccon, Antonio Augusto Shaftiel, Marcelo Cassaro e J.M. Trevisan, com apresentação de Gustavo Brauner e prefácio de Eduardo Spohr.


Na trama de Revés, nas ruínas de um internato, uma menina encontrará um mundo muito mais divertido, ainda que bizarro e sobrenatural, do que sua vida real. Mas as escolhas tem só uma direção e nem tudo pode ser o que parece.

Sagas Vol. 3 Martelo das Bruxas, antologia que reúne os autores Christopher Kastensmidt, Ana Cristina Rodrigues, Douglas MCT, Ana Lúcia Merege e Duda Falcão.
Um Visitador do Santo Ofício confronta bruxa no Brasil colonial. O drama de um mundo mágico abalado pelo preconceito. As aventuras de uma menina em um conto de fadas nada convencional. Uma prisão onde o demônio não é o único inimigo. O terror de um homem envolvido por uma maldição em seu próprio lar.
Inspirada pelo infame texto de dois monges dominicanos, Martelo das Bruxas apresenta histórias cunhadas por cinco proeminentes autores da Literatura Fantástica brasileira.


Em Encruzilhada, duas irmãs passam por uma experiência única e aterradora, invertendo a essência de um conto de fadas, nessa história de origem de bruxas.

Sagas Vol. 3 Martelo das Bruxas, antologia que reúne os autores Christopher Kastensmidt, Ana Cristina Rodrigues, Douglas MCT, Ana Lúcia Merege e Duda Falcão.

Um Visitador do Santo Ofício confronta bruxa no Brasil colonial. O drama de um mundo mágico abalado pelo preconceito. As aventuras de uma menina em um conto de fadas nada convencional. Uma prisão onde o demônio não é o único inimigo. O terror de um homem envolvido por uma maldição em seu próprio lar.

Inspirada pelo infame texto de dois monges dominicanos, Martelo das Bruxas apresenta histórias cunhadas por cinco proeminentes autores da Literatura Fantástica brasileira.


Em Encruzilhada, duas irmãs passam por uma experiência única e aterradora, invertendo a essência de um conto de fadas, nessa história de origem de bruxas.

Grandes e novos autores exploram infinitos imaginários. A coleção Imaginários trará, a cada volume, contos inéditos que explorarão o fantástico em todas as suas variantes, contando histórias de ontem, de hoje, de amanhã e – porque não? – de nunca.
Neste terceiro volume da coleção Imaginários da Editora Draco, organizado por Erick Santos Cardoso, os autores Eduardo Spohr, Marcelo Ferlin Assami, Rober Pinheiro, Douglas MCT, Lidia Zuin, Marcelo Galvão, Cirilo Lemos, Fernando Santos de Oliveira, Ana Cristina Rodrigues e Fábio Fernandes desafiam as fronteiras do real e apresentam excelentes histórias de fantasia, ficção-científica e terror.
É hora de começar a viagem. Prepare-se para uma aventura inesquecível da primeira à última linha, numa coletânea que é um sopro de frescor no panorama da literatura fantástica nacional.


Na novela Bonifrate, um homem sai pela rua nas noites vitorianas em busca de respostas sobre onde está, quem é e como termina sua jornada. Nessa homenagem a Pinóquio, o leitor vai desbravar uma história intrincada e cheia de enigmas a serem desvendados à cada parágrafo.

Grandes e novos autores exploram infinitos imaginários. A coleção Imaginários trará, a cada volume, contos inéditos que explorarão o fantástico em todas as suas variantes, contando histórias de ontem, de hoje, de amanhã e – porque não? – de nunca.

Neste terceiro volume da coleção Imaginários da Editora Draco, organizado por Erick Santos Cardoso, os autores Eduardo Spohr, Marcelo Ferlin Assami, Rober Pinheiro, Douglas MCT, Lidia Zuin, Marcelo Galvão, Cirilo Lemos, Fernando Santos de Oliveira, Ana Cristina Rodrigues e Fábio Fernandes desafiam as fronteiras do real e apresentam excelentes histórias de fantasia, ficção-científica e terror.

É hora de começar a viagem. Prepare-se para uma aventura inesquecível da primeira à última linha, numa coletânea que é um sopro de frescor no panorama da literatura fantástica nacional.


Na novela Bonifrate, um homem sai pela rua nas noites vitorianas em busca de respostas sobre onde está, quem é e como termina sua jornada. Nessa homenagem a Pinóquio, o leitor vai desbravar uma história intrincada e cheia de enigmas a serem desvendados à cada parágrafo.